Browsing Tag

como

Musica

Trilha sonora do dia

22 de junho de 2013

Local Natives

Como esqueci dessa tag! A trilha sonora do dia é uma das minhas preferidas… abriu minha cabeça para muuuitas bandas legais e que agora são minhas preferidas (quem lembra da pentatonix?). Hoje, para variar um pouco, o gênero vai ser… thanãããã… Indie!! O Local Natives é de L.A <3. Seu álbum de estréia, Gorilla Manor, foi lançado pela primeira vez no Reino Unido em novembro de 2009, e mais tarde lançado em os EUA em 16 de fevereiro de 2010. O álbum recebeu críticas positivas e estreou na Billboard 200 e em 3 º no New Artist Chart. As musicas são bem calminhas e numa vibe meio relaxante e melancólica… para escrever um texto nada melhor. Confiram:

Dicas

Como fazer sua mesada durar

15 de Fevereiro de 2013

Imagem

Parece até rotina. Todo começo de mês vem a suada mesada (se comportar todo mês pelo dinheiro não é fácil) e em um final de semana ela acaba? Tá na hora de rever isso. Sou meio (bastante) psicótica com dinheiro, e adoro uma organização, então criei 10 regrinhas básicas para que seu dinheiro renda e você consiga riscar da sua wishlist todos os seus desejos. Prontas?

1- Não adianta achar que você faz parte do Mulheres Ricas e achar que pode comprar todo o shopping… Olhar uma vitrine cara e não poder comprar é sabotar você mesmo. Passe longe!

2- Não faça nada se estiver sem tempo. Geralmente ficamos apressadas e não olhamos alguns detalhes que farão sua nova aquisição ficar empoeirada no guarda roupa.

3- Programe-se: Antes de gastar o dinheiro aleatoriamente pare um tempo no seu guarda-roupa e banheiro e repare bem no que você precisa.

4- Separe seu dinheiro previamente antes de fazer compra para não se arrepender depois. Por exemplo: Você ganha sessenta reis de mesada? Separe quinze reais para algum produto de cabelo, vinte para uma rasteirinha, e vinte para uma blusa em uma fast fashion.

5- Decidiu o que precisa? Pesquise! Nada de se preocupar com marca. O que é a etiqueta se a roupa valoriza seus pontos negativos? Experimente sem medo todas as lojas que possuem o que você está procurando. E não precisa nem ir em loja em loja. A internet tá ai para isso.

6- Guarde 10% da sua querida mesada na sua poupança. Não sabe o que é poupança? O G1 explica: É a rentabilidade é de 0,5% ao mês mais a variação da TR (Taxa Referencial). Acha pouco? Qualquer dinheiro extra no nosso bolso tá valendo!

7-  Nossos melhores amigos: Desconto e liquidação! Sempre que for pagar insista por um desconto! Geralmente as lojas costumam dar cinco a dez por cento para os consumidores avisados. Mas obviamente se você não questionar, o atendente não vai abrir mão de uns reais a mais na sua comissão, né?

8- Antes de comprar, dé uma pensada se você gostou mesmo, se vai usar, e quais oportunidades ela vai servir, se o preço é condizente com a qualidade e a beleza da roupa.

9- Garimpar é o caminho. Toda loja tem algo legal nela. Só basta procurar! Então, dê mais uma chance para aquela lojinha no centro.

10 – Faça você mesmo! Achou aquela blusa toda rasgada demais só que ela está cara? Apele para o faça você mesmo. Vários canais e blogs ensinam como tornam uma peça básica em uma exclusiva e super estilosa. Vale a pena!

Bem, é isso leitoras. Vale lembrar que como administrar seu dinheiro é muito importante para o nosso futuro.  Espero que as dicas deem certo e vocês consigam aproveitar um pouco mais o mês de vocês sem dor de cabeça!

Pensamentos Textos

Sobre saudade…

5 de Fevereiro de 2013

Imagem

Não tem Aurélio, professor Paquale ou Wikipédia que defina. Saudade não tem forma, gosto, tato, cheiro. É um abraço, um beijo, um aperto de mão vazio, um jogo a um que não pode ser jogado. É uma mistura de sentimentos, e mesmo assim ainda não há forma. Não há nada. Talvez a melhor forma de se tentar decifrar é pensar em um vazio sangrento. Uma ferida que não parece cicatrizar enquanto arde, machuca, rasga, fere. É sentir sozinho, enquanto uma multidão atravessa por você em meio ao silêncio… do seu pensamento, da alma, do seu coração pedindo alguém de volta.

Viagens

Eurotrip – 1º Dia

1 de Fevereiro de 2013

m_123456

Sobre o diário de bordo: Eu viajei durante 23 dias pela Europa, conhecendo alguns países e cidades. Amei muuuito a experiência, e as leitoras adoraram a ideia de descrever como foi tudinho, em detalhes. Espero que vocês gostem também…. Um pouco é do meu diário em que eu escrevi no dia, e um pouco são as dicas, e etc.

Nem preciso dizer o quão ansiosa estou, né? Viajar pela primeira vez para a Europa sempre foi meu sonho – até antes do que ir para Disney. Vivenciar mil culturas, línguas, hábitos e observar a pé-de-olho cada passo e mania para alguém que está começando a escrever me deixa muito animada. Mas o que não me deixa animada? Esse tempo de espera imenso. Fizemos escala em São Paulo e Salvador, e cá estamos na sala de embarque aguardando. Enquanto faço isso, algumas dicas de como se salvar em sala de espera, ou em vôos demorados (ou não).

• Para quem morre de preguiça (como eu) de carregar apoio para o pescoço pra lá e pra cá, te dou a solução: existem alguns no mercado infláveis que não fazem peso na mala! Seu pescoço e conforto agradecem.

• Eletrônicos = Vida. Não esqueça iPod, iPad, celular…

• Balinhas, chicletes são sempre bem vindos… Geralmente são servidas as refeições em três em três horas, e nada como algo para beliscar nesse meio tempo.

Eu morro de dor de cabeça com a luz individual do avião… Dói a vista. Caso seu vizinho a ligue, esteja sempre em mão as mascaras de dormir, aquelas almofadinhas e fofas. Eu sempre levo a minha comigo, e elas são uma gracinha: Os olhos são de cereja. <3

 Você conhece a tal da “Síndrome da classe econômica”? Não? Então fique atenta… Apesar do nome, pode acontecer em qualquer uma das classes em que você ficar. Ela acontece devido a permanência na posição sentada em vôos longos, e provoca acúmulo de líquidos nos membros inferiores e pode causar inchaço nas pernas e nos pés. Na pior das hipóteses, pode ocorrer trombose venosa profunda. Então já sabe né? Faça movimentos circulatórios com o pé sempre que lembrar, e dê uma voltinha corredor-banheiro sempre que der.

Ah, não esqueça de ver a programação de filmes. Sempre são os que acabaram de sair em cartaz nos cinemas, ou seja: Lançamentos! Assisti na minha volta para o Brasil “as vantagens de ser invisível” e amei.

Ah, esqueci de falar o destino né? Lisboa! Viajamos á meia noite e dez, e chegamos lá pelas dez, onze horas. Vale lembrar que o fuso horário no verão é de 4 horas no horário de Brasília. Sobre os vôos para Sp e Salvador? Nunca vi tanta turbulência na minha vida, quase pedi um para-quedas para saltar e não morrer de medo…! Mas cheguei vivinha da silva. Agora só enfrentar uma viagem inteira em cima do mar. Simbora morrer de medo.

Sobre o voo: Viajamos de Tap, atendimento ótimo, jogos e tv super tranquilos. Não teve turbulências (Jesus seja louvado), e o jantar foi uma delícia: Macarrão. Adeus pãozinho e amendoim da Tam e gol! O aeroporto de Lisboa é muito lindo, e o banheiro é uma gracinha: O piso é preto cheio de brilhinhos… Fomos recepcionados (fizemos transfer sempre) por um homem muito legal. Chegamos lá pelas três no hotel, conhecemos o jardim que era lindo, lindo e descansamos.

Sobre a cidade: Não conheci muito a cidade. Apenas o trajeto aeroporto – hotel. Mas nesse pouco tempo consegui ver o quão bonita é, e o rio Tejo. É o principal do país. Ele é lindo, e olhando assim, dá a impressão que é mar! Lisboa possui uma população de 547 631 habitantes, e na área metropolitana 2,9 milhões de habitantes. Ta ai um fato curioso sobre a maioria das cidades europeias: Elas não tem uma população imensa. Mas a quantidade de turista que perambula pra lá e pra cá dá a sensação – exageros a parte – que estamos na vinte e cinco de março sempre.

m_lisboa

Dica de restaurante: Aceitamos a recomendação do concierge: Casa de Linhares, e o que ele tinha de especial? Cantores de fado. Para quem não sabe o que é, é um estilo português, em que uma pessoa só canta, enquanto é acompanhada por uma viola portuguesa. Ele existe desde o seculo XIX, e é muito lindo. Geralmente as musicas são tristes, e a maioria das pessoas – principalmente a dramalhona aqui – chora. Tem vários videos dos fados  que são cantados lá no restaurante no youtube, escolhi meu favorito, e vou compartilhar com vocês:

Voltando sobre o restaurante: Ele era maravilhoso, existe desde 1755 e  chegou a albergar Camões (CAMÕES!!!!!!!!!!!!!!). Os garçons são um caso a parte: DEUSES GREGOS e super simpáticos. A taxa de espetáculo e consumo obrigatório são 10€ cada (em geral, após 22h30/23h). Comemos o bacalhau à Gomes Sá, e que delicia! O preço da refeição é cerca de 30€ o prato. E eu, meu pai, e minha mãe dividimos por três #vamosemagrecer. Ele fica Sé, Beco dos Armazéns do Linho, 1. 

m_casadelinhares

Vale lembrar que em  nos bairros de Alfama e no Bairro Alto se encontram aos montes restaurantes de fado, mas pesquisar sempre é bom: É comum ouvir críticas que o fado não é o de raiz e que o restaurante não procurou os cantores que cantam com emoção, e sim os que só visam lucro!

Bem, é isso! Vocês gostaram desse post? Diz ai no comentário se eu devo continuar. Bom final de semana!

Dicas

10 dicas para começar a escola nova com pé direito

30 de Janeiro de 2013

Imagem

 Para maioria dos alunos, as aulas começam nessa segunda-feira dia quatro… Inclusive as minhas. Estou super ansiosa, porque é meu ultimo ano, e acreditem se quiser: Eu vou morrer de saudade do colégio. Mas não é sobre isso que eu vim falar hoje, e sim sobre um problema que ocorre sempre no começo do ano letivo: Medo da escola nova. É super normal, e até para quem estuda sempre no mesmo colégio bate um friozinho na barriga em rever todo o pessoal, em ficar na sala das amigas, ou se vai chegar algum lindo-maravilhoso-estiloso-desconhecido no colégio. Introduções a parte, vou dar dicas que funcionaram comigo. Posso dizer que sou a pessoa que mais mudou de escola… Já mudei de cidade uma vez, e acho demais a experiência de estar em uma escola nova, ter professores novos, colegas novos e fazer amizades. Então, vamos ao que interessa: 10 DICAS PARA COMEÇAR A ESCOLA NOVA COM O PÉ DIREITO.

1- Uma dica válida antes de começar as aulas é curtir no facebook a página da sua escola, ou encontrar um grupo de estudantes do ano que você vai entrar. Para ver o clima, se familiarizar com as pessoas.

2- Durma mais cedo, e acorde uma hora mais cedo que o costume. Tome um banho demorado, arrume o cabelo com calma, e faça a maquiagem sem pressa. Coloque sua musica favorita e entre em um bom astral… E cante junto. Já ouviu dizer que quem canta seus males espanta? É verdade. E fazendo tudo com calma, você não vai ficar afobada com horário, ou seus pais gritando que já está na hora.

3- Não tente usar algum brinco, pulseira, anel, colar, headband que não te faça sentir bem. Vá com algo que você ame, e que expresse seu jeito de ser. Acho fundamental esse item, porque ficar inseguro com a escola, e ainda com algo que está usando não rola meeeesmo!

4- A primeira impressão é a que conta… Que tal a sua de ser sorridente? Comece no portão a escola a sorrir… Não só com os lábios, mas também com os olhos e com toda a linguagem corporal. Sei que a sensação de passar por panelinhas é agoniante, mas se mostre confiante e feliz por estar em um ambiente novo. Funciona!

5- Sempre gostei de mudar de escola, por não ter fama nenhuma. Sempre conversei muito, então todo professor que já conhecia meu histórico andava com um pé atrás comigo, então aproveite para mudar alguns hábitos que você detestava e que as pessoas já conheciam.

6- Simpatia sempre! Não só no começo do ano, como em todo ele. Não force a barra ao puxar papo, mas quando sentar na sua cadeira, dê um bom dia aos vizinhos. Se a pessoa retribuir educadamente a conversa, conte que é nova, de onde veio. Pergunte a quanto tempo ela estuda no colégio, quem são os professores legais, que horas é o recreio… Seja sempre receptiva e mostre-se interessada no que ela disser. Tenho uma dica muito bobinha, mas carregue um chiclete com você e ofereça para quem estiver conversando. Provavelmente ela vai aceitar, assim como quem estiver do lado.

7- Dependendo do professor, eles pedem uma pequena apresentação de quem é você, de onde veio… Então, pense um pouco o melhor jeito de expressar sua personalidade, e não ficar paralisado na hora pensando o que falar.

8- Na aula não converse muito, e preste muita atenção quando o professor se apresentar, e já repare no jeito de dar aula, e nas normas de convivência em sala. Levar bronca por conversar ou não prestar atenção na aula no primeiro dia não rola né?!

9- A parte que mais dá medo em qualquer pessoa é o recreio, certo? Ver todos lanchando com companhia e você sozinho pode dar um frio na barriga, mas relaxe. Caso a conversa tenha engatado com o vizinho, na saída pergunte aonde é cantina, e se ele pode mostra-la. Fale que vai lanchar sozinho, e se ele não pode te fazer companhia. Caso não tenha tido papo ou tenha vergonha de fazer o pedido, tenho mais duas opções: Provavelmente você não vai ser o único aluno novo da sala, então convide o novato para passar o recreio com você, ou vá sozinho .Acho que se você quiser tomar um tempo no recreio, fique na fila nem que seja para comprar um suco… Sentar-se sozinho no primeiro dia de aula é supernormal, então desencane e curta um pouco a experiência. Se a escola permitir leve seu iPod e viaje na sua playlist favorita.

10- Na saída da escola, de tchau para quem você conversou, e diga que foi um prazer conhece-lo. São um daqueles pequenos gestos que fazem toda a diferença. Caso a conversa tenha engatado mesmo, rola seguir no twitter, ou adicionar no facebook.

Depois me conta como foi seu primeiro dia de aula, combinado? Quero saber se as minhas dicas deram certo!