Browsing Tag

crescer

Pensamentos

Auto-escravidão

18 de junho de 2013

auto-escrvidao

Odeio me sentir escrava do meu próprio pessimismo, da minha insegurança e da minha estima. Essa bipolaridade de achismos, incertezas e gostos me deixa plantada em um abismo que parece cada vez fundo. Até que hora vou conseguir usar algo que me levante, até que hora a luz no fim do túnel vai aparecer? Amadurecer requer auto-suficiência, crescer significa abrir mãos de regalias e ter que decidir por si próprio. O comodismo da lugar a culpa das falhas serem unicamente suas e não mais de ninguém. Alias, como é gostosa e ilusória a sensação de nunca se culpar, não é? Já sinto saudade de me cegar por uma mentira que me fazia bem. Crescer trás tanta responsabilidade como vantagens. Mas por enquanto as vantagens saem perdendo de dez a zero nas desvantagens. Crescer também, é lutar por si mesmo, lembrar de levar a blusa de frio quando vai esfriar e não ter ninguém para pedir “mais cinco minutinhos”. Crescer é ser egoísta forçadamente. Crescer é sentir saudade da responsabilidade… de não ter responsabilidade.

Pensamentos Textos

Penso, logo entro em crise.

16 de junho de 2013

overthinking

Adolescência ou o final dela talvez seja a época que mais exista crise. Ser jovem é ser imediatista, fazer o momento… fazer acontecer. Viver presos a escola sonhando com a liberdade… de ir para faculdade. Somos feitos de paradigmas. Milhões deles. Queremos mudar o mundo, mas temos dificuldade de sequer mudar a nota de química que está abaixo da média. Idealizo o futuro sem fazer o presente, e ai o tempo vira passado e sem nenhum fato marcante. Se crescer é complicado, estar na mutação entre o que a gente é e o que vai ser é complicado mais ainda. Sou uma completa metamorfoses de ideias, conceitos e opiniões. As vezes, o que eu quero mesmo é ter algo concreto. Estável. É difícil valer o dia quando ele se resume a estudar matérias que não serão sequer aproveitadas na faculdade. E mais difícil ainda ter que substituir o tempo de ler notícias, assistir documentários e criar o mínimo de senso crítico por decorar formulas. Ser jovem é querer se destacar diante da multidão de alienados indo e vindo. É querer ser parte da história e se orgulhar disso. É construir algo para fazer os olhos brilharem lá para frente. Ser jovem é achar a formula mágica para todos os sonhos se tornarem realidade.

Pensamentos

Dentro de mim

3 de junho de 2013

dentro de mim

De repente não quero mais ser eu mesma. Desligar dos meus sentimentos me faria melhor. Muito melhor. Essas noites que passaram foram longas… até demais. Custaram meu sono. Meus pensamentos falavam tão alto que nem o the kooks no volume máximo conseguiram silenciar. Queria o silêncio. Para variar um pouco. Meu coração e minha mente. É tanta coisa e em tão pouco tempo para resolver. Eu penso demais e sinto demais. E nem sei mais responder se essa intensidade que existe aqui dentro é qualidade ou defeito.

Pensamentos Textos

Diálogos…

30 de Maio de 2013

dialogos

Ô mente, já tive uma conversa séria com você e parece que não tá adiantando. Alias, cade meu super poder para ir embora para bem longe? É tanta mentira, status e dissimulação que nem sei por onde começar. É tanta gente em volta de mim, conversando comigo e andando comigo e mesmo assim ainda me sinto sozinha. Sozinha de pessoas que compartilhem o mesmo interesse, o mesmo assunto. Sinto falta de ter assuntos de verdades e não manchetes alheias de revistas de fofocas. Sinto que cada vez mais vou me afastando de mim. Dos meus objetivos. Do que eu sou. Me sinto cada dia mais perdida. E o pior: dentro de mim. Não sei mais por onde começar a resolver eles. Tá se acumulando cada vez mais… E eu ando sem força para continuar com as minhas expectativas lá no alto. Já conversamos sobre isso e você continua na mesma, cabeça! Porque? Me ajuda a continuar, vai… Tá difícil.

Pensamentos Textos

Aprendizado

19 de Maio de 2013

Aprendiz

Aprendi muita coisa depois das experiências que vivi. Já amadureci bastante, também. E amadurecer dói, dói muito. Já fui traída por uma amiga que eu considerava próxima. Já quebraram meu coração. Já me esqueceram depois de uma ficada que eu considerava mais que uma ficada. Já sofri bullyng. Já percebi que ás vezes ninguém percebe que você tá triste. E já percebi que as pessoas são muito egoístas. Que ser feliz demais incomoda. Aprendi errando, e acertando também. Principalmente quando aqueles acertos para mim eram com gostinhos de erros… quando meus acertos foram com atitudes que eu não gostaria. Acertei quando queria ter errado, quando percebi intenções de gente má. E também já errei com gostinho de acerto. Quando percebi que olhei com visão pessimista e algo se concretizou da maneira que não imaginava. Vivo dizendo que não gosto de surpresas. Mas me surpreender positivamente é muito bom. O problema é isso acontecer. Quase nunca acontece. E quando esse “quase nunca” se concretiza, a decepção vem junto. Decepcionar… Um dos piores verbos criados pela língua portuguesa. Ou pelo seres humanos. Sei lá. Entender eles é tão difícil. Não consegui ainda nem entender a mim mesma. Vivo por ai, andante, confusa, aprendiz. Da vida.

Pensamentos Textos

No meio de tudo

15 de Fevereiro de 2013

'1'

Ando por ai, e no meio do percurso me deparo com uma barreira maior que eu poderia imaginar: Eu mesma. No meio de tudo, justo no meio. No meio de tudo, ou de nada. Não sei dizer. Não tenho pessimismo suficiente para jogar tudo para o alto e desistir, e nem um pingo de otimismo para me ajudar a dar mais um passo. Fico lá. Parada. Sentindo talvez angústia, desespero. Ou talvez a chance de parar por um pouco. Esperando alguns minutos (ou horas, ou dias, ou meses) por uma ajuda que ainda não apareceu, que ainda não estendeu a mão. E em meio a esse tempo de espera um sentimento de alívio surge pela pausa nos pensamentos, justo aqueles que alimentaram meus sonhos mais fantasiosos, minhas razões mais plausíveis, e vontades mais intensas. Pensamentos esses ritmados em uma orquestra monstruosa e descoordenada de pensamentos bombardados pela razão de tudo: O coração.