Browsing Tag

Inspiração

Fotografia

Fotos da semana

1 de Maio de 2013

E mais um post de fotografia. Deu unanimidade… todas as leitoras querem esse post semanal <3! Eba… fico feliz que acertei em cheio. O fotografo de hoje virou um dos meus preferidos: Lyndon Wade! Ele usa e abusa das cores, as suas imagens tem um movimento demais, e a sua criatividade é de outro mundo.

1

3

5

6

7

8

9

11

Inspiração Textos

Charles Chaplin: Quando me amei de verdade

5 de dezembro de 2012

 'CHAPLIN

Cada vez que leio alguma citação de Chaplin, sinto meu dia um pouquinho mais colorido. Espero que tenha o mesmo efeito com você:

“Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar certo, na hora certa, no momento exato.
E então, pude relaxar.
Hoje sei que isso tem nome… Auto-estima.
Quando me amei de verdade, pude perceber que minha angústia, meu sofrimento emocional, não passa de um sinal de que estou indo contra minhas verdades.
Hoje sei que isso é…Autenticidade.
Quando me amei de verdade, parei de desejar que a minha vida fosse diferente e comecei a ver que tudo o que acontece contribui para o meu crescimento.
Hoje chamo isso de… Amadurecimento.
Quando me amei de verdade, comecei a perceber como é ofensivo tentar forçar alguma situação ou alguém apenas para realizar aquilo que desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou a pessoa não está preparada, inclusive eu mesmo.
Hoje sei que o nome disso é… Respeito.
Quando me amei de verdade comecei a me livrar de tudo que não fosse saudável… Pessoas, tarefas, tudo e qualquer coisa que me pusesse para baixo. De início minha razão chamou essa atitude de egoísmo.
Hoje sei que se chama… Amor-próprio.
Quando me amei de verdade, deixei de temer o meu tempo livre e desisti de fazer grandes planos, abandonei os projetos megalômanos de futuro.
Hoje faço o que acho certo, o que gosto, quando quero e no meu próprio ritmo.
Hoje sei que isso é… Simplicidade.
Quando me amei de verdade, desisti de querer sempre ter razão e, com isso, errei muitas menos vezes.
Hoje descobri a… Humildade.
Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de preocupar com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é onde a vida acontece.
Hoje vivo um dia de cada vez. Isso é… Plenitude.
Quando me amei de verdade, percebi que minha mente pode me atormentar e me decepcionar. Mas quando a coloco a serviço do meu coração, ela se torna uma grande e valiosa aliada.
Tudo isso é… Saber viver!!!”
 
 
Inspiração

IT GIRL: COCO CHANEL

22 de novembro de 2012

Quem nunca suspirou ao ouvir esse nome?! Impossível para qualquer menina não conhecer, ou ao menos ouvir falar da marca Chanel. E tão inspiradora quanto, é a mulher que a fundou. A frente do seu tempo pode defini-la. Em uma época em que roupas apertadas, desconfortáveis eram o cotidiano, Coco inovou a industria com tecidos leves, roupas mais curtas, bolsas diferentes, e seu inigualável perfume.

Imagem

Apelidada pelo pai de Coco, seu nome era Gabrielle Bonheur Chanel, nasceu em Saumur (Ah, França!) em 19 de agosto – Típica leonina – de 1883  e morreu em Paris, no dia 10 de janeiro de 1971

Sua mãe morreu cedo, e ela teve que fazer o papel da mesma, enquanto o pai trabalhava.  Sendo logo depois hospedada em um colégio interno. Com 18 anos fugiu de lá e foi trabalhar como costureira em uma loja de enxovais e sonhava nessa época em cantar no music hall.

Conseguiu, devido ao seu corpo esbelto, vários papeis. E através de um dele, se relacionou com um socialite e herdeiro de uma famosa fábrica de tecidos que na época fabricava o uniforme do exército. Ele era criador dos melhores cavalos da França, mas o romance só dura alguns meses…

5 anos mais tarde, Coco conheceu o milionário inglês Arthur Capel, o amor de sua vida. Ele que ajudou a abrir sua primeira loja de chapéus, que veio a ficar famosa. Capel meses mais tarde morreu num desastre de carro. Com a tristeza, Chanel abriu a primeira casa de costura, comercializando inclusive chapéus. Nessa mesma casa, começou a vender roupas  para a praia, e de esportes, e inventou as primeiras calças femininas.

Já passado algum tempo, Coco conheceu um príncipe russo pobre que tinha fugido com a sua família da Rússia, então União Soviética. A sua relação a fez desenhar roupas com bordados do folclore russo e, para isso, contratou 20 bordadeiras.

Em 1915, devido à Primeira Guerra Mundial, e a falta de tecidos, de trabalhadores qualificados, e todo o alvoroço gerado, Chanel percebe que é esse é o momento certo para seguir sua inspiração: bane da sua coleção o espartilho, saias muito compridas, roupas justas, tecidos pesados, e enfim, liberta o corpo da mulher.

Em 1920, criou o perfume mais famoso, e adorado por Marilyn Monroe, o Chanel Nº 5.  O nome é referencia ao seu numero da sorte, e que sorte! Foi o perfume mais vendido do mundo!

Durante a Segunda Guerra Mundial, os negócios de moda estavam em baixa, fazendo que Coco vendesse suas roupas para o outro lado do Atlântico. Nesta época namorou um oficial nazista, o que lhe custou o exílio. Em 1954 voltou a Paris e retomou seus negócios na alta costura, gerando-lhe mais sucesso ainda.

Faleceu no Hotel Ritz Paris em 1971, onde viveu por anos.

Imagem

Para quem se interessou, existe um filme chamado  Coco antes de Chanel, interpretado pela Audrey Tatou (A que faz a Amélie, no “Fabuloso destino de Amélie Poulain”, que eu amo), super recomendo.

As citações dela, é um caso a parte!

“Vista-se mal e notarão o vestido. Vista-se bem e notarão a mulher.”
“O conforto possui formas. O amor cores. Uma saia é feita para se cruzar as pernas e uma manga para se cruzar os braços.”
“Uma mulher precisa de apenas duas coisas na vida: um vestido preto e um homem que a ame.”
“O luxo tem que ser confortável ou não é luxo.”
“Sou contra a moda que não dure. É o meu lado masculino. Não consigo imaginar que se jogue uma roupa fora, só porque é primavera.”
“Eu não entendo como uma mulher pode sair de casa sem se arrumar um pouco – mesmo que por delicadeza. Depois, nunca se sabe, talvez seja o dia em que ela tem um encontro com o destino. E é melhor estar tão bonita quanto for possível para o destino.”
“A natureza lhe dá o rosto que você tem aos 20. A vida talha o rosto que você tem aos 30. Mas depende de você merecer o rosto dos 50.”
 
Inspiradora! Sem mais!
Inspiração Videos

Homenagem 15 anos!

20 de novembro de 2012

O aniversário da sua amiga está chegando, e para deixar o dia ainda mais especial, você e suas amigas decidem fazer uma surpresa! Uma homenagem, depois da valsa. Todo mundo ama a ideia. Mas nenhuma surge quando ao conteúdo. Que tal fazer um vídeo? Sou louca por 15 anos, e vi alguns, para dar alguma luz! E lembre-se, só de lembrar dela, em uma dia tão marcante, já vai ser especial. Então, sem pressão, não precisa sair perfeito, porque não é nada profissional.

Inspiração

Machado de Assis: Bons amigos

19 de novembro de 2012

Quando falo de Machado, ou cito algum texto dele, não há como fazer introduções, devido ao simples fato: É Machado! Admiro demais todas as suas obras, e ele. Então, sem mais delongas, para homenagear os irmãos que podemos escolher:

“BONS AMIGOS

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!”