Viagens

Eurotrip – Zurich

10 de Março de 2013

➪ Sobre a cidade

4

Zurique é a cidade mais fofa do universo. Pense em organização, muuuuuita gente bonita, simpática e lá você está. Ficamos duas noites lá e um dia e meio, sendo que uma manhã e uma tarde reservamos para fazer um city tour e para conhecer os Alpes (e ver muita neve *-*) e a noite,e manhã conhecer um pouco a cidade. Zurich  é a maior cidade da Suíça. Localiza-se no nordeste do país, no centro da zona germanófona. Possui 364 558 habitantes e  uma região metropolitana contando com 1.091.732 (um sétimo dos 7,2 milhões de habitantes da Confederação Helvética). É a capital do Cantão de Zurique. Os celtas colonizaram a área pelo menos desde 500 a.C.; o nome romano da cidade era Turicum. Lá na Suiça é muito abrangente o idioma que eles falam: francês, alemão e italiano são as línguas oficias, mais o dialeto que é alemão misturado com suíço.



➪ Sobre o turismo

12

A cidade é super histórica, né?! Acabamos nem indo aos museus que tinham lá, saímos de Florença e queríamos relaxar um pouco, então fomos só nos clichês de city tour. E ah, passamos em frente a fábrica dos chocolate Lindt (*_____*) e cheira a chocolate ao leite e é muito gostoso! Quem quer trabalhar lá, hein?

 Igreja Fraumünster

1

História: A igreja matriz da reforma protestante suíça, também decorada com vitrais de Giacometti. Ainda há painéis famosos na Fraumüster, do ano 853, assinados por Marc Chagall. Em 1045, o rei Henry III concedeu o convento o direito de manter os mercados, cobrar portagens, e cunhar moedas e, assim, efetivamente fez a abadessa do governador da cidade. Imperador Frederico II concedeu a abadia Reichsunmittelbarkeit em 1218, tornando-se territorialmente independente de toda a autoridade salvar a do próprio Imperador, e aumentar o poder político da abadessa. A abadessa atribuído oprefeito , e ela freqüentemente delegada a cunhagem de moedas para os cidadãos da cidade. A abadessa famoso durante este tempo de grande poder foi Elisabeth de Wetzikon .No entanto, o poder político do convento lentamente diminuiu no século XIV, começando com a criação da Zunftordnung ( guilda leis) em 1336 por Rudolf Brun , que também se tornou o primeiro prefeito independente, ou seja, não atribuído pela abadessa. A abadia foi dissolvida em 30 de novembro, 1524, no decurso da reforma de Ulrico Zuínglio . Os edifícios do mosteiro foi destruído em 1898 para dar espaço para os novos Stadthaus . O edifício da igreja hoje serve como a igreja paroquial para um dos da cidade 34 reformadas paróquias. Münsterhof , a praça em frente Fraumünster, é nomeado após a antiga abadia.

Minha opinião: Essa igreja é muito levada a sério… não pode tirar foto, tem horário para visitar e o silêncio lá é absoluto! Os vitrais são muuuuito lindos e a igreja possui mais fieis do que turistas.

♥ Igreja St. Peter

3

História: Localizado ao lado do morro Lindenhof , local do antigo castelo romano, foi construída no local de um templo para Iuppiter . Uma igreja primitiva de 10 por 7 metros é arqueologicamente comprovada para o século 8 ou 9. Este edifício foi substituído por uma igreja românica início por volta do ano 1000, por sua vez, substituído em 1230 por uma estrutura românico tardio, partes do qual sobrevivem. Rudolf Brun , o prefeito independente primeira da cidade, foi enterrado aqui em 1360. A nave foi reconstruído em 1460 em estilo gótico. Antes da reforma , São Pedro foi a única igreja da paróquia da cidade, sendo o restante parte de mosteiros. O atual edifício foi consagrado em 1706 como a primeira igreja construída sob o domínio protestante. Até 1911, a torre foi ocupado por um relógio de fogo. Trabalho de restauração foi realizado em 1970 e 1975. O rosto do campanário do relógio tem um diâmetro de 8,7 m, o rosto maior relógio da igreja na Europa . Os sinos datam de 1880.Peculiarmente, campanário da igreja é propriedade da cidade de Zurique, enquanto a nave é propriedade da paróquia de São Pedro da Igreja Reformada Suíça .

Minha opinião: O relógio é demais mas depois de tantas igrejas em Florença, as outras perdem um pouco o charme…

♥ Jardim Chinês

2

História: Jardim chinês de Zurique está localizado na cidade bairro Seefeld , junto ao Centro de Le Corbusier entre Blatterwiese e Bellerivestrasse e perto do Zürichhorn na margem direita do Lago de Zurique .O jardim é um presente de Zurique chinês parceiro cidade de Kunming , como agradecimento por assistência técnica e científica de Zurique no desenvolvimento do abastecimento de água da cidade de Kunming potável e drenagem.De maio a outubro de 1993, foi construído sob a direção do jardim Zürich departamento, em cooperação por especialistas jardim e artesãos de Kunming e Zurique, pago pela administração da cidade de Zurique. Sua inauguração oficial foi na Primavera de 1994, sob participação do agora ex-prefeito de Kunming City e Zurique, Josef Estermann . Manutenção e operação são fornecidos pelo departamento de abastecimento de água de Zurique.

Minha opinião: Não deu tempo de visitar…



➪ Sobre a culinária

11Adoro conhecer os pratos típicos, e acredita que só fui experimentar as famosas salsichas (são alemãs, mas lá é bem popular) quando estava indo embora na estação de trem? A comida é uma delicia, e a culinária é um ponto forte.

 Café Odeon

5

O café foi simplesmente frequentado por Lenin!  Limmatquai,2 

 Sprungli

6

Paraíso dos chocolates <3! Bahnhofstrasse 21 8001

♥  Swiss Churhi

7

É onde se encontra o melhor prato típico de Zurich, o chamado Rösti: Batata com queijo e bacon ,sendo batatas ficam 12 horas descansando antes de serem cortadas… Além dos foundues maravilhosos! Rosengasse 10



➪ Sobre as compras

10

É uma cidade mais cara para compras… Mas vale a pena conferir as coleções de roupas locais, e comprar é claro, o acessório mais famoso: Os relógios! As lojas fecham bem tarde, e as ruas são bem movimentadas, uma delicia andar por lá!

 Rua Bahnhofstrasse 

8

Centro comercial: De bancos, grifes e fast fashions. A principal rua da cidade.

 Galeria Im Viadukt

9

Zona oeste da cidade, perto da estação Dammweg.  Trata-se de um conjunto de lojas cheias de estilo e moda urbana, que ficam embaixo de um viaduto ferroviário construído em 1894. Destaca-se ali a pitoresca Freitag, loja de bolsas mais famosa do país, que funciona dentro de uma pilha de 17 contêineres.

É isso leitoras… A próxima cidade é: PAAAAAAAAAAAAAARIS!!!!!!!!!!!!!!

 

 

Comentar via Facebook

Comentário(s)

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply